Finanças

Margem de contribuição e ponto de equilíbrio: qual a relação?

Posted On
Postado por Ivilla Garcia
margem de contribuição

Um conceito importante ao falar de planejamento financeiro é a margem de contribuição. Compreender o que ela significa é vital para analisar a saúde financeira do seu negócio.  

O cálculo da margem de contribuição ajuda a definir melhor o lucro e a evitar prejuízo. Além disso, ela é fundamental para encontrar o ponto de equilíbrio da empresa! 

O que significa margem de contribuição? 

A margem de contribuição (MC) ou ganho bruto, é um indicador financeiro, que aponta se a empresa consegue pagar todas as suas contas e ter lucro.   

Analisar a MC de um negócio, possibilita responder as seguintes perguntas: 

Qual produto/serviço é mais rentável? 

Há produtos que não geram lucro? 

Quanto preciso vender para lucrar? 

A margem de contribuição representa quanto cada produto ou serviço vai colaborar para o pagamento dos custos e despesas fixas da empresa. Ela é o valor que sobra daquele produto, após descontar seu custo de venda. E por isso, é fundamental para a precificação. 

Como calcular?  

A margem de contribuição (MC) é a diferença entre o valor da venda e o custo do produto, juntamente com a sua despesa variável. 

O cálculo é o seguinte:  

MC = Preço de venda unitário – (custos + despesas variáveis) 

É possível calcular a MC unitária, ou seja, de cada produto/serviço do negócio.  

Por exemplo, um produto é vendido por R$ 50,00 a unidade. O total de custos variáveis para produzi-lo é R$ 40,00. Para descobrir a margem dele, aplicamos a fórmula: 

MC = 50-40  

MC = 10 

Encontramos a margem unitária, ou seja, um produto contribui R$ 10,00 para os custos e despesas fixas da empresa. 

  • É bom lembrar que margem de contribuição é diferente de lucro, na verdade, ela ajuda a estimar o lucro.  
  • Lucro é a diferença entre a receita e a despesa.  

O que é ponto de equilíbrio? 

ponto de equilibrio do negócio
 

Como já falamos anteriormente, para encontrar o ponto de equilíbrio é necessário saber qual a margem de contribuição.  

Ele indica o mínimo que a empresa precisa vender para sair do prejuízo. Em outras palavras, é onde o custo fixo encontra a margem de contribuição 

Nesse ponto, receita é igual a despesa.  

  • Receita: preço dos produtos ou serviços x quantidade de vendas  
  • Despesa: custos fixos + variáveis (caso queira entender a diferença entre custos, clique aqui). 

Para ficar claro, imagine uma empresa de computadores. Vamos colocar os dados seguintes em um gráfico: 

Quantidade vendida Receita Despesas totais 
3.000  
3000 4500 
6000 6000 
9000 7500 

Esse gráfico mostra o momento em que a receita e as despesas da empresa se igualam: isso acontece no ponto de equilíbrio (PEC).  

  • Nesse ponto, o lucro e o prejuízo são zero, podemos considerar que o negócio está “empatado”.  
  • Antes de atingi-lo, a empresa está tendo prejuízo, depois de ultrapassá-lo está tendo lucro. 

Como calcular o ponto de equilíbrio?  

ponto de equilibrio

Para calcular o ponto de equilíbrio basta dividir o valor dos gastos fixos pela margem de contribuição unitária e o resultado indica o volume (unidades) que você precisa vender.  

PEC = GF (gastos fixos) 

           ———————— 

          MC unitária 

  • Para saber o faturamento necessário, basta multiplicar o valor encontrado pelo preço de venda de cada produto ou serviço (PEC x preço de venda). 

Conclusão: entender o que é a margem de contribuição e qual a sua relação com o ponto de equilíbrio ajuda a maximizar os resultados do negócio. Dessa forma, você consegue prever diferentes cenários e manter a empresa com saldo positivo! 

E aí? Ficou alguma dúvida? Conta pra gente nos comentários.  

POSTS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

um × 5 =